Por que o esgoto tem mau cheiro?

Por que o esgoto tem mau cheiro?

O cheiro ruim ocasionado pelo esgoto do seu imóvel te preocupa e vem tirando seu sono? Calma, fique tranquilo, esse é um problema comum em residências e comércios que pode ser solucionado facilmente. Mas para solucioná-lo é preciso saber a causa, você sabe por que isso acontece e por que o esgoto tem mau cheiro?

O mau cheiro normalmente sai do encanamento dos ralos de banheiros, lavanderias, cozinhas, dentre outros locais e é causado por conta de instalações de esgotos inadequadas, além de resíduos descartados indevidamente nas tubulações.

Alguns componentes são essenciais e também influenciam na saída do mau cheiro do esgoto. Fique atento para que tanto na construção ou na reforma de seu imóvel, tudo seja efetuado com segurança e higiene.

Agora que você já sabe por que o esgoto tem mau cheiro, evite fazer instalações irregulares no seu esgoto e descartar inadequadamente resíduos como cabelos que entopem facilmente os ralos, além de objetos como cigarros, plásticos e preservativos, que impedem a passagem do esgoto, acarretando o transbordamento do esgoto e mau cheiro. Saiba mais sobre o que é preciso para cortar esse mal pela raiz!

Componentes essenciais para evitar o mau cheiro do esgoto

Componentes essenciais para evirar mau cheiro

O órgão regulamentador das instalações de esgoto prediais, ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) recomenda a instalação de alguns componentes, visando à segurança do ambiente e saúde humana. Entre os componentes, estão:

  • Sifão: Esse componente deve ser instalado nos ralos de pias, tanques e onde há saída de tubos de escoamento de esgoto.
  • Caixa sifonada: Essa peça coleta todas as saídas de esgoto, como ralo do chuveiro e lavatório do banheiro, direcionando para uma única saída. Juntamente com o sifão, impede que o mau cheiro saia para o interior do imóvel.
  • Caixa de gordura: A função desse componente é filtrar toda a gordura para evitar o entupimento da tubulação, por isso ela deve ser instalada na saída de esgoto da cozinha, onde há maior concentração de descarte de gordura.
  • Tubulação de ventilação: O papel desse dispositivo é conduzir todos os gases gerados pelo esgoto para longe do seu imóvel, por isso, a saída da ventilação deve ficar bem acima do telhado.

O início do esgoto

O início do esgoto

Antigamente não existia o conhecimento sobre a importância dos cuidados básicos de saneamento, tanto que as pessoas mudavam constantemente e deixavam para trás lixo por onde passavam. O descarte dos esgotos residenciais era efetuado pelos escravos de forma inadequada no mar e rio, apenas nas casas mais ricas.

No período neolítico já existia a poluição dos rios e a existência de pragas, como ratos e baratas, provenientes do acúmulo de lixo. Com isso, e somados ao próprio efeito do clima, o lixo se decompunha a céu aberto, liberando os gases naturais dos produtos.

Infelizmente apesar do avanço do tempo e de toda tecnologia disponível, muitas cidades ainda vivem como antigamente, sem acesso ao tratamento correto do esgoto. As consequências são graves e muitas vezes irreversíveis, como são os casos de doenças causadas pela contaminação, levando inclusive a morte.

O esgoto hoje

O esgoto hoje: estação de tratamento

Hoje a tecnologia favorece o tratamento dos esgotos, facilitando os processos e resultando em esgotos tratados adequadamente. Os componentes utilizados nos produtos da atualidade podem ser prejudiciais à saúde, e até mesmo a decomposição natural desses produtos acaba por liberar componentes químicos que possuem cheiro forte.

A tecnologia utilizada hoje em dia é tanta, que consegue realizar a decomposição dos produtos sem que os componentes químicos prejudiciais sejam espalhados no ar. Além disso, é possível tratar a água de esgoto e colocar em atividades de reuso, economizando água, um recurso indispensável para nossa sobrevivência e que está em constante escassez.

O acesso à informação é mais fácil, diferente de antigamente, por isso é inaceitável algumas atitudes descabidas dos cidadãos, como jogar lixo nas ruas e rios.

Práticas simples como separar o lixo orgânico do reciclável, cuidar e manter o correto funcionamento dos esgotos residenciais e comerciais influencia diretamente na saúde de toda a sociedade. Faça sua parte!

Entenda o sistema de descarte do esgoto

Sistema de esgoto

O esgoto é formado pelos resíduos gerados nas residências e comércios, dejetos esses, oriundos dos vasos sanitários, pias, ralos e tanques. A instalação do esgoto deve ser apropriada para evitar que o mau cheiro gerado por esses resíduos retorne para seu imóvel.

Depois de passado pelas caixas de esgoto, os resíduos são despejados na rede pública de coleta de esgoto, onde é efetuada uma separação para tratamento diferenciado de acordo com o tipo de esgoto.

Depois dessa separação de esgoto doméstico, pluvial e industrial é encaminhado para uma Estação de Tratamento, onde ocorre o tratamento do esgoto para descarte de forma correta no meio ambiente ou aplicado técnicas de reuso.

Caso em seu imóvel não tenha o serviço de coleta, construa uma fossa séptica que terá a mesma função, porém conte com a ajuda de um profissional para que seja adaptado dentro dos padrões de preservação da sua saúde e meio ambiente.

7 dicas para evitar o mau cheiro do esgoto no seu imóvel

Limpeza do sifão 1- Tenha o hábito de retirar a tampa do sifão de pias e tanque para fazer limpezas periódicas. Além de evitar o mau cheiro, pode evitar que haja entupimentos.
Bicarbonato de sódio 2- O bicarbonato de sódio é um produto muito usado em diversos fins, inclusive para auxiliar a retirar o mau cheiro do encanamento. Despeje sobre o local, dissolvido com água morna.
Soda cáustica 3- Soda cáustica é uma aliada para desobstruir as tubulações levando consigo o mau cheiro gerado pelo acúmulo dos resíduos. Porém é preciso cuidado ao manusear e avaliar se a tubulação está em boas condições para receber esse produto, já que é uma perigosa substância tóxica.
Ralo sifonado 4- Escolha o ralo certo para evitar o mau cheiro. O ralo sifonado tem uma bolsinha onde coleta um pouco de água evitando que os gases com cheiro ruim retornem ao imóvel. Já o ralo seco, não tem essa bolsinha, deixando o caminho livre para os gases retornarem para o imóvel. Sendo assim, prefira instalar o ralo seco em chuveiros e cozinhas.
Encanamento de esgoto e de água 5- O esgoto não pode se misturar com a água pluvial para evitar transbordamento e em consequência o mau cheiro, por isso, faça ligações diferentes para essas duas situações.
Anel de vedação para ralos 6- O anel de vedação e ralo sifonado são peças indispensáveis na instalação do esgoto do seu banheiro. Esses componentes impedem a saída do cheiro forte de esgoto no banheiro.
Profissional da Roto-Rooter 7- Se nenhuma dessas dicas resolverem seu problema contate imediatamente um profissional para uma análise do problema. Você pode contar com o apoio da desentupidora Roto-Rooter.

Mau cheiro e o entupimento

Mau cheiro e o entupimento

Se além do mau cheiro em seu imóvel você já identificou sinais de entupimento, confira medidas básicas para desentupir seu esgoto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *