Pragas urbanas: como se prevenir

Pragas urbanas: como se prevenir

O número de doenças causadas pelas pragas urbanas tem crescido diariamente, acarretando graves riscos à saúde humana. Por ser um assunto sério e de grande utilidade pública, preparamos um post especial sobre as pragas urbanas e como se prevenir contra elas.

Mas afinal, o que são pragas urbanas? Todos os insetos e animais que podem causar doenças e prejuízo econômico são considerados pragas, sendo que as espécies mais comuns são as formigas, cupins, mosquitos, ratos, baratas, pombos e escorpião.

As pragas urbanas existem há séculos e o título “urbano” nasceu no início da urbanização nas cidades. Com o acelerado crescimento urbano, até hoje existe a falta de um bom planejamento nas cidades, o que ocasiona bairros abandonados e com pouca infra-estrutura, propensos à proliferação das pragas urbanas e, consequentemente, as doenças.

Umidade, restos de alimentos, esgoto aberto em terrenos abandonados, e até mesmo a alta temperatura do verão são fatores que favorecem ambientes propícios para a proliferação de pragas urbanas. Cabe aos cidadãos ter uma postura consciente em relação ao assunto e tomar medidas preventivas para que as pragas urbanas não se alastrem ainda mais. Saiba mais sobre pragas urbanas e como se prevenir.

7 Tipos de Pragas Urbanas

Cupim é uma praga urbana Cupins: São insetos muito conhecidos por causarem grandes danos aos ambientes urbanos. Destroem facilmente estruturas de madeiras e derivados, devido à facilidade de deslocamento e apesar da facilidade de se instalar nos ambientes, os cupins podem ser exterminado facilmente por empresas específicas no combate as pragas. Engana-se quem pensa que não pode vencer essa batalha.
Formiga é uma praga urbana Formigas: São seres inofensivos, mas longe de seu convívio. É muito comum encontrá-las em armários, onde se encontram alimentos, pias, e no quintal das casas. As formigas se aglomeram em uma determinada área, podendo causar várias doenças, já que são transmissoras de micróbios.
Rato é uma praga urbana Ratos: Esses roedores se multiplicam com muita facilidade já que a gestação de uma fêmea pode variar de 7 a 12 filhotes por cria. A doença causada por esses animais é a leptospirose, que é causada pela bactéria transmitida na urina dos ratos. Os sintomas mais comuns são febre e dores pelo corpo, e se não cuidado pode levar à morte.
Mosquito é uma praga urbana Mosquitos: São transmissores de muitas doenças para o ser humano. Entre elas, as mais perigosas são a Febre Amarela, Malária, e principalmente a Dengue. Febre, mal-estar e dores no corpo são indícios de que algo pode estar errado, sendo aconselhável procurar um acompanhamento médico com urgência.
Pombo é uma praga urbana Pombos: Se instalam normalmente nos telhados das casas e empresas e transmitem diversas doenças respiratórias. São bichos perigosos para a saúde humana, portanto, jamais fiquem próximos de locais onde haja alimentação e circulação de pessoas para evitar qualquer tipo de contato com as fezes desse bicho, já que a poeira de suas fezes transmite a criptocose, uma doença que afeta o sistema nervoso.
Barata é uma praga urbana Baratas: Facilmente encontradas em locais escuros e com umidade, como esgotos, ralos, gavetas e armários, as baratas se espalham com facilidade dentro das casas, buscando restos de alimentos. A contaminação ocasionada em alimentos é o mais comum de ocorrer e pode gerar reações alérgicas, além de disenteria e infecção hospitalar.
Escorpião é uma praga urbana Escorpiões: Apesar de não serem tão comuns, os escorpiões podem causar doenças graves, e até mesmo a morte. Por isso é importante tomar todos os cuidados possíveis para se prevenir. A limpeza do ambiente é primordial, além do importante hábito de sacudir sapatos e roupas ao vestir para não ter nenhuma surpresa desagradável.

Outros riscos que as pragas transmitem

Pessoa doente por causa de pragas urbanas

As pragas urbanas, além de transmitirem diversas bactérias que prejudicam a saúde humana, ainda são nojentas e asquerosas, deixando mau cheiro por onde passam. Especialmente na época de chuvas, a atenção deve ser redobrada, pois as doenças transmitidas nesse período são extremamente perigosas.

O contato inocente, mas indevido com água da chuva e de esgoto pode causar leptospirose, uma doença gravíssima. O ideal é não ter contato com água de chuva, não deixar acumular água parada e caso a água da chuva adentre o imóvel é necessário realizar a limpeza imediatamente do local com produtos de higiene adequados. ´Caso o contato com a água de chuva seja inevitável, é importante que a pessoa tome um banho o quanto antes para evitar infecções.

Os roedores também são pragas muito perigosas que aparecem ao perceber acúmulo de lixo e alimentos no ambiente. Algumas pessoas usam chumbinho para combater essa praga, porém é necessário muito cuidado com essa prática, pois apesar de combater a praga, o chumbinho é um produto perigoso para a saúde das crianças e, principalmente, animais domésticos.

É importante lembrar que o controle das pragas não cabe somente a sociedade, mas também é dever e obrigação dos representantes políticos. A saúde pública merece atenção especial, pois esse problema assola muitos municípios que estão “largados a mercê” das pragas urbanas.

Mais do que higiene por parte da população, uma boa política de gestão sobre os espaços da cidade é algumas das ações importantes que devem ser colocadas em prática pelos políticos para combater as pragas urbanas das cidades.

Cuidados básicos

Cuidados básicos contra pragas urbanas

Alguns cuidados básicos devem ser tomados para combater a entrada dessas pragas ou despejá-las do nosso convívio. Além da limpeza dos ambientes que é indispensável para não acumular sujeira e a entrada das pragas urbanas no imóvel, o hábito de acumular objetos em desuso deve ser descartado. Veja outras dicas essenciais para expulsar de vez essas pragas da sua vida!

  • Utilize ralos protetores para evitar a entrada de “visitas desagradáveis”.
  • Mantenha os alimentos sempre em recipientes fechados.
  • Coloque o resto do lixo em locais adequados.
  • Mantenha as janelas fechadas, quando necessário, para evitar a entrada de pernilongos, baratas e outras pragas.
  • Utilize materiais específicos para vedar os espaços que ficam abaixo das portas de entrada do imóvel.
  • Cuidado com os buracos formados nas paredes para evitar que se alojem traças.
  • Nunca alimente os pombos, eles transmitem muitas doenças.
  • Evite deixar água parada, isso causa doenças graves, como a dengue.

E quando a dedetização é indicada?

Dedetização de pragas ubanas

Sabe-se que as pragas urbanas transportam muitas bactérias prejudiciais para a saúde humana. As formigas e baratas, por exemplo, representam um grave risco para as crianças e idosos como diarréias e doenças mais graves, entre elas hepatite e tuberculose. Se o ambiente estiver comprometido com um número grande de pragas urbanas e está fora do seu controle, o indicado é contratar uma empresa especializada no controle de pragas. A dedetização realizada por empresas especializadas é uma solução prática e eficiente para o problema.

Se você busca resolver esse problema no seu imóvel, conte com a dedetizadora e desentupidora Roto-Rooter. Com grande experiência no ramo de dedetização, a Roto Rooter possui uma equipe preparada para remover as pragas urbanas de seu convívio com toda higiene e segurança. Procure por quem entende do assunto, pode confiar!