Tratamento de Efluentes

Licenciada pelos Órgãos AmbientaisTratamento de efluentes

Nas empresas é comum encontrar diferentes processos industriais que envolvem diversos produtos químicos com composições físicas e químicas totalmente diferentes uma dos outras que geram os efluentes industriais líquidos. Além disso, os efluentes líquidos industriais são provenientes também de água de refrigeração e pluviais poluídas e do esgoto doméstico.

É preciso tomar cuidado com relação ao destino desses efluentes, pois nem sempre podem ser descartados diretamente no meio ambiente, sendo necessária uma análise pontual característica para cada efluente. Alguns efluentes podem contaminar o solo e a água e por isso é importante buscar soluções adequadas para o seu destino.

O tratamento de efluentes é uma solução prática e vantajosa para as empresas e para a sociedade. Por meio de um tratamento específico de efluentes gerados nos processos industriais, o destino dos mesmos será totalmente adequado. Após esse processo pode ser implantado processos para a utilização de reuso da água, gerando grande economia para a empresa e o mais importante, para o Planeta.

Como funciona o tratamento de efluentes?

Os processos para o tratamento de efluentes são direcionados de acordo com a composição física, química e biológica dos efluentes líquidos industriais. Entre os principais tipos de tratamento estão:

  • Tratamento primário: Nesse processo físico/químico o objetivo é separar da água os materiais que ficam flutuando. São usadas técnicas de gradeamento, decantação, flotação, entre outras.
  • Tratamento secundário: O tratamento secundário é usado para retirar a matéria orgânica. Para a efetivação desses processos pode ser necessário a presença do oxigênio (processos aeróbios) ou pode ser realizado processos anaeróbios (que não necessitam de oxigênio). Entre os vários métodos secundários destacam-se as lagoas de estabilização, lagoas aeradas e logos ativados e suas variantes.
  • Tratamento terciário: Quando os efluentes não são removidos pelos métodos mais simples, o tratamento terciário é o mais indicado. Por meio de técnicas químico-físicas são retirados todos os poluentes. Outras técnicas usadas são microfiltração, precipitação e coagulação, adsorção, entre outras.

E quais as vantagens?

  • Atuação consciente perante o meio ambiente.
  • Destino ambientalmente correto dos efluentes.
  • Excelente custo/benefício.
  • A água gerada após o tratamento pode ser reutilizada em várias funções.
  • Diretamente melhora a saúde pública, evitando doenças causadas pela poluição.

O nosso papel

A Roto-Rooter, pioneira no ramo de desentupimentos, preocupa-se também com a preservação do meio ambiente e atua de forma sustentável. Traz em seu portfólio de serviços soluções eficientes para o tratamento de efluentes. Você poderá contar com uma equipe treinada e especializada que acompanhará todo o processo de implantação do tratamento de efluentes. Com o objetivo de ser referência no assunto, desentupidora Roto-Rooter presta a melhor assessoria técnica e ambiental sobre tratamento de efluentes atendendo todas as necessidades de sua empresa.

Confira também outros assuntos sobre efluentes: